Entre em contato agora
+55 11-2976-8937
+55 11-97684-1015

Job hopping X Sucesso profissional

Young couple in Christmas hats having fun running with shopping bags against the beige background

Nessa oportunidade vamos falar sobre job hopping e job hopper, dois conceitos relacionados ao mundo do trabalho. Job hopping  é um padrão de mudança de empresa a cada  um ou dois anos, característico da geração y, pelo funcionário (job hopper),  por  sua própria vontade, não causado por demissão ou pelo encerramento da empresa.

Esse comportamento é o oposto  aos das gerações anteriores, os baby boomers e os da chamada geração X, que preferencialmente permaneciam na mesma empresa durante toda sua vida profissional. Nas duas últimas décadas os currículos que passam pela mesa dos recrutadores levam a concluir que o job hopping é muito comum. O que coloca as seguintes questões:

O job hopping e  carreira de sucesso estão relacionados entre si?

Qual o efeito de um sobre o  outro?

Quanto é muito tempo para ficar em uma empresa?

A mudança atende a quais desejos?

Job hoppers mudam  por várias razões. Na maioria das vezes, eles até nem sabem qual a sua própria razão. Às vezes, é porque não sabem o que querem e, portanto, não estão prontos para os desafios que estão à sua frente.

Job hopping e sucesso profissional estão relacionados entre si. Na minha opinião, o job hopping afeta o sucesso profissional de forma negativa. Considere que sinais você está enviando para o seu potencial empregador se você troca de  emprego com frequência?

A Regra dos Dois Anos

Trabalhando como  Coach de Orientação Profissional procuro fazer ver ao meus orientandos que eles precisam se comprometer mentalmente a permanecer ao menos dois anos em uma empresa antes de ir para outra. A esse procedimento dei o nome de Regra dos Dois Anos. Esse é o tempo para estabelecer a curva de aprendizado. Se você trocar de empresa  mais frequentemente  você não  aprende nada substancial.

Você leva  pelo menos um ano para conhecer os prós e contras da empresa. Nesse primeiro ano, você pode ter algumas oportunidades de  ser verdadeiramente produtivo em agregar valor à empresa. Para que os verdadeiros resultados da sua contribuição surgam para a empresa, é necessário mais um, perfazendo ao  menos dois anos de permanência. Então, se você é propenso ao job hopping e quer ter sucesso profissional, está na  hora de repensar.

Oportunidades de treinamento

Muitas empresas com razoável nível de maturidade possuem programas de treinamento e/ou coaching. Os gestores estão dispostos a investir em recém formados  e novatos. No entanto, para tomar essa decisão, eles examinam os registros históricos. Coloque-se no lugar dos gestores da empresa: em quem você estaria mais propenso a investir tempo e dinheiro em treinamento e/ou coaching? Alguém que se mostrou um job-hopper e mostra tendência a ir de  empresa em empresa ou alguém mais estável? As empresas são mais propensas a investir em pessoas estáveis. A razão é simples. Os estáveis são mais propensos a trazer retorno para os investimentos feitos nelas. Todo mundo ganha. Se você estiver constantemente pulando de empresa para empresa estará sinalizando de que não está pronto para se comprometer.

As empresas gostam de investir em pessoas que têm seus objetivos de carreira alinhados com os objetivos corporativos. Job-hoppers geralmente não têm horizonte de carreira além do próximo ano.

Diminuindo a Incidência de Job Hopping

Uma das melhores maneiras de abandonar o job hopping é realmente saber o que se deseja. Uma vez estabelecido seu objetivo, você ficará focado nele. Claro, é compreensível que para um recém formado ou novato no trabalho, é difícil ter um objetivo. Você pode estar interessado em experimentar algumas opções antes de se decidir.

Se houver vários  campos em que você esteja interessado, faça uma pesquisa para conhecer mais sobre eles. Comece com a Internet e depois pergunte a amigos que conheçam pessoas nessas áreas. Fale com eles; pergunte sobre quais as expectativas da empresa e sobre os papéis do cargo que lhe interessa.

Você pode não ter todas as respostas, mas pelo menos você terá alguma idéia. Isso diminuirá as chances de você ficar pulando de galho em galho.

Faça da Aprendizagem um objetivo-chave

Se você é novo no mercado de trabalho e  está experimentando o job hopping,  sossegue um pouco. Meu conselho para você é este — descubra  o que você quer com certeza. Uma vez que você tenha descoberto, encontre uma empresa que esteja disposta a treinar ou  comprometer-se com a carreira de seus funcionários no longo prazo. Se ela tiver programas de treinamento estruturados, junte-se a ela.

Faça do aprendizado das habilidades e conhecimentos relevantes nessa empresa, o seu objetivo principal. As habilidades e conhecimentos que você aprende contribuirão para o seu sucesso profissional no longo prazo. É algo que você pode levar consigo para o resto de sua vida. Uma vez que você veja os benefícios de se comprometer com uma empresa que está disposta a treiná-lo por mais de dois anos, espero que você nunca mais exerça o  job hopping.

Yara Prates/Master Coach